Se eu fosse citar um templo imperdível do Egito, com certeza seria este. Vendo Abu Simbel se entende a expressao “construção faraonica”. Ele é sem dúvida monumental em sua beleza e também seus detalhes minunciosamente planejados pelo faraó Ramses II.

Impossível não se impressionar com a entrada

abu2

 Chegar lá nao é fácil: de aviao ou de ônibus. Ele fica quase na divisa com o Sudão a 280 km ao sul de Assuãn. Enquanto que de avião em meia hora já se está lá, de ônibus essa viagem dura 2 horas e meia. É bem cansativo, mas demos sorte do nosso mini-bus estar vazio e pudemos vir deitados nos bancos ( caso vc for viajar de ônibus até lá, leve um travesseiro!). Enfim, o que era para ser um comboio, na verdade quando se está no meio deserto não se vê nenhum outro ônibus por perto. Há vários horários de madrugada em que os ônibus têm que começar a viagem juntos, mas na pratica cada motorista dirige no seu ritmo sem esperar os retardatarios. A viagem em si também tem uma atmosfera especial, o amanhecer no deserto é algo para ser visto.

 Detalhe de um dos Ramsés, o da direita foi destruído por um terremoto.

abu4

Construído em 1260 antes de Cristo as quatro estátuas de 20 metros de Ramsés enfeitam este templo que foi lapidado em 63 metros de profundidade dentro do rochedo.

 

Devido a construção da represa de Assuãn, o templo teve que ser removido para cerca de 60 metros acima de sua posição original. Tal procedimento em si, também foi uma obra faraônica. Todas as partes do templo foram cortadas, numeradas e remontadas como se fossem um quebra-cabeça gigante no rochedo artificial. Tal façanha custou cerca de 42 milhões de dolares e duraram cinco anos ( 1963 a 1968 ).

 Detalhe na parte superior do templo: os macacos esperam e dão as boas vindas ao nascer do sol

abu3

Na entrada há uma exposição sobre toda a reconstrução do templo na década de 60.

Este templo foi construido para os deuses Amum-Re e Re-Harachte. A parte sagrada do templo foi construída de modo que somente duas vezes ao ano( 20.02 e 20.10 )  o sol batesse nas três estátuas ( do faraó Ramsés e dos deuses Amum-Re e Re-Harachte ) com exeção da quarta estátua do deus Ptah ( deus da escuridão ). Tais datas eram da coroação do faraó e sua data de nascimento. Hoje em dia com a nova posição do templo, tais dias são um dia mais tarde. 

Interior do templo quando o sol bate nos deuses e no faraó

*foto da net

Seu interior não é tão impressionante como sua parte exterior, mas mesmo assim também está em ótimo estado.

Ao norte do templo de Abu Simbel está o templo da esposa favorita do faraó : Nefertari. Seu interior também se encontra em bom estado. É proibido tirar fotos dentro dos templos. Há guardas disfarçados só esperando o primeiro turista tirar a primeira foto…..

 O templo de Nerfertari

abu

 Na frente de Abu Simbel : a represa de Assuãn, o verdadeiro local do templo está agora no fundo do lago

abu5