Minha primeira preocupação desta viagem era que um dos maiores destaques já viria quase de cara, como primeira atração ao chegar a Grécia, e isso pode ser arriscado, pois pode frustar um pouco os outros destinos que viriam depois, o que felizmente não aconteceu.

Eu tinha grandes expectativas com Meteora e elas as excederam  um pouco mais até. Com certeza é um lugar único no mundo, onde homem e natureza encontraram uma tal harmonia e beleza sem precedentes e é um must absoluto em se tratando de Grécia.

Ficamos na pousada Tsikelis : 50 euros por casal com um super café da manhã e staff muito gentil, ótimo custo-benefício.  Ela se localiza no aconchegante vilarejo de Kastráki, que é com certeza o lugar certo para passar a noite em Meteora, tem várias tavernas com ótima comida e preços super camaradas ( uma moussaka por 5 euros, por exemplo ), jantamos na taverna Batalogianni na avenida principal. Kalambáka é a próxima cidade em Meteora mas nem um pouco charmosa como o vilarejo de Kastráki que vive basicamente do turismo.

Meteora quer dizer “rochedos suspensos” e eles se formaram há 30 milhões de anos onde toda a região era mar. Lugar ideal para monges e heremitas construirem seus refúgios nos topos das rochas, o primeiro foi construído em 1336. No começo haviam 24 mosteiros , hoje em dia restaram 13 dos quais somente seis podem ser visitados.

Jardim interno do Mégalo Meteoro

A entrada custa 2 euros e mulheres não podem entrar de calça, nem shorts curto ou mini-saia, para isso há “saias” que são distribuídas na entrada o mesmo vale para ombros descobertos em que há “xales” que se pode pegar emprestado na entrada. Então meninas, já sabem, saia abaixo do joelho e camiseta cobrindo os ombros! Para homens, bermuda abaixo do joelho, senão fica de fora.

Interior da capela do Mégalo Meteoro

Um dia é suficiente para ver os 6 mosteiros, atenção aos horários de funcionamento que mudam de acordo com as estações.

Pousada Tsikelis

O mosteiro mais bonito e maior de todos é com certeza o Megálo Metéoro que é o mais velho dos 6 construído em 1370. Ele é ainda habitado por vários monges e é um complexo relativamente grande com museu, cozinha e um simpático jardim interno.

O melhor meio de transporte para os mosteiros é definitivamente de carro e eles estão relativamente perto um dos outros. Há também taxis à disposição dos turistas.