As igrejas de Madeira ( Stavkirke ) sao com certeza outra atracao imperdível da Noruega. Elas foram construídas em outros lugares da Europa e lembram um pouco as igrejas ao sul da Polonia, mas na verdade elas tem uma outra história que data dos séculos 12 ao 14. A chegada da Peste Negra em 1349 colocaria um fim da construcao destes monumentos.
 Tais igrejas chegaram a ser mais de 1000 no seu auge da Idade Média, sómente 28 sobraram deste total e a Igreja de Borgund (construída em 1180 ) é a mais bem preservada de todas.

Antes mesmo da chegada do catolicismo ao atual território noruguês, os Vikings já tinham a tradicao de construir monumentos de madeira. A igreja de Borgrund por exemplo nao apodrece por ter sido construida em cima de uma base de pedra.

Por nao ter janelas, o seu interior é escuro e ela é bem pequena.

A Igreja é acoplada a um museu logo na entrada que conta toda a história das igrejas, nao só a de Borgund.

O segredo é chegar cedo, se nao me engano chegamos as 8.30, pois assim que comecam a chegar os ônibus de turistas é impossível entrar na igreja

Outra igreja que estava no nosso caminho foi a igreja de Lom. Bem maior que a de Borgund e sem a atmosfera medieval, talvez seja pelo fato de ela ter sido reconstruída diversas vezes.

A igreja de Lom
 

Duas Stavkirke já sao na minha opiniao suficientes para se ter uma idéia deste tipo de contrucao. Para quem quer visitar mais igrejas, uma das mais famosas é a de Urnes.

Sobretudo devido a sua posicao geográfica a beira do fjorde Sognefjord, a igreja de Urnes é patrimônio da Unesco desde 1979.

Próximo post: a impressionante geleira de Jostedal.