Tags

Nossa segunda parada na Bulgária foi em Veliko Tarnovo.

Dez entre dez viagens com agência de turismo oferecem Veliko no roteiro, é com certeza um must nao só pela sua beleza mas também pela sua história.

Esta cidade de 70000 habitantes fica numa localizacao privilegiada no topo de uma montanha com o rio Yantra separando o centro histórico da Fortaleza de Tsarevets.

O seu centro histórico è pequeno e facilmente explorado a pé. Deixamos o carro no nosso hotel e e comecamos a explorar a cidade pela  Fortaleza de Tsarevets.

Veliko já foi capital da Bulgária e a fortaleza medieval serviu como quartel general dos Czares  durante 200 anos. A “citadela”, que foi construída entre os séculos 12 e 13,  era composta de uma catedral, um palácio e mais de 400 residencias que foram infelizmente destruídas pelos osmanos.

Era assim a citadela no século 12

Hoje è possível visitar a igreja do padroeiro no ponto mais alto das ruínas e ter uma das mais belas vistas de Veliko. O único acesso á fortaleza è através da ponte de pedra, os muros que a cercam foram construídos a beira do penhasco. A única “saída de emergencia”  fica ao lado esquerdo da trilha ao longo do muro onde ele simplesmente “desaparece” e se da de cara com um  penhasco que dá para o rio. Era ali que os traidores eram lancados ao abismo.

Há noite tem um espetáculo de luzes na fortaleza, mais informacoes no centro de turismo. Vale muito a pena pernoitar em Veliko, a cidade tem uma atmosfera toda especial, além da fortaleza ser toda iluminada .

No dia seguinte exploramos o centrinho de Veliko que è bem pequeno mas muito charmoso com suas ruas de paralepipedo, muitas lojas de souviniers, cafés, restaurantes, enfim, sempre se tem algo para fazer por lá.

Achar hotel também foi muito fácil, há muitos no centrinho histórico por bons precos ( pagamos 50 Lew = 50 euros por casal com café ).

Depois de dois dias em Veliko rumamos para Plovdiv.kkkk